03 julho 2015

Ouvido em Lisboa #10

«Coitado do homem, nunca mais o deixam em paz...»


Sem comentários:

Enviar um comentário