18 setembro 2013

Sim, e porque não?

As utopias começam assim. Bicicleta em Lisboa?
Impossível dizia Marcelo Rebelo de Sousa na TV em 2008.
Impossível dizia Rúben de Carvalho no Expresso em 2009.
Impossível "na cidade" dizia Santana Lopes em 2009, pedalando em Monsanto, onde na sua opinião, aí sim era possível.
Impossível diz muita gente, e muito boa gente ainda hoje.
Quando em Lisboa bicicletas passaram a fazer parte da nossa Paisagem (é impossível não ver bicicletas a circular, de gente em deslocações urbanas), várias iniciativas surgiram, cresceram e tornaram-se realidade, algo que há poucos anos era impossível pensar. Dizer a alguém que vai trabalhar para ir de bicicleta era algo impensável. Hoje ainda está longe de ser comum, mas já é possível sugerir essa experiência, para muitos uma aventura. Ir de bicicleta? Serei capaz? Chegarei em boas condições? Tenho percursos para lá chegar? Posso articular com os transportes? Onde amarro a bicicleta?
Sei bem por experiência que a decisão individual "hoje vou de bicicleta" é custosa. Tudo joga contra o indivíduo. Tudo são dificuldades.
Mas... e se a empresa aderir a uma iniciativa de um dia? Assim é de certeza mais fácil.
"Um dia a pedalar, porque não? Inscreva a sua empresa" é uma iniciativa da Agência de Energia e Ambiente Lisboa-e-Nova, que vai para a sua 3ª edição, num crescente de sucesso. O que já se viu o ano passado de empresas aderentes ultrapassou as expectativas. Mas este ano o Programa está mais ambicioso, mais organizado e estas experiências de um dia podem fazer mesmo toda a diferença. É já na próxima 6ª feira dia 20/09.

Sem comentários:

Enviar um comentário