21 dezembro 2014

EMEL “oferece” estacionamento em Lisboa no Natal


Com vista a "apoiar o comércio local", a EMEL oferece o estacionamento na via pública no centro da cidade.
Para quê apanhar o metro quando se pode pegar no automóvel para ir às compras?
Era mesmo deste impulso ao comércio local que precisávamos. Obrigada.

Rua Garret em vésperas de Natal

1 comentário:

  1. A medida é idiota de qualquer dos pontos de vista da qual se observe.

    Não é a própria EMEL que demonstrou vezes sem conta que os lugares de estacionamento com parquimetros têm uma rotatividade várias vezes maior do que os sem parquimetro?

    Mesmo assumindo que todos os clientes das lojas do centro da cidade são como os senhores da Administração da EMEL (que pelos visto não lhes passa pela cabeça deslocarem-se sem ser em automóvel particular), o resultado da sua medida é - mesmo por esse ponto de vista - objectivamente dificultar a vida aos automobilistas e ao comércio de rua no centro da cidade.

    Parecendo uma coisa de somenos, esta medida demonstra, por parte dos dirigentes da EMEL, uma total falta de Visão e compreensão do problema do estacionamento e mobilidade em Lisboa.

    Ora, uma Administração que não percebe nada do que adiministra, devia ir para o olho da rua...

    ResponderEliminar