03 janeiro 2015

Exposições de garagem

Fui hoje pela primeira vez ao "novo" espaço de exposições do CCB, a garagem Sul.

Aparentemente, quanto projectaram e construíram o Centro Cultural de Belém, uma das mais polémicas obras da cidade, não só pelo seu impacto junto à zona histórica do Mosteiro dos Jerónimos, mas sobretudo pelo seu custo (a obra com o que o Cavaquismo assinalou a Presidência Portuguesa da CEE custou cerca de 200 milhões de euros, cerca de 6,5 vezes mais do que o inicialmente previsto), quando projectaram o Centro Cultural, dizia, sub-dimensionaram o espaço para exposição relativamente ao espaço de estacionamento.

A solução, passados todos estes anos, foi naturalmente transformar um dos parques em sala de exposição.

O acesso é meio manhoso, mas o espaço serve perfeitamente para o que se quer.



Mais garagens subterrâneas, nomeadamente no centro da cidade, se transformassem em salas de exposição, ginásios, dancetarias, salas de ensaio e de espectáculo, e outros locais que não necessitem de janelas para funcionar.

Sem comentários:

Enviar um comentário