03 fevereiro 2013

A Lisboa de Caracas



O Casal Vistoso, logo a Nascente do Areeiro, sempre foi isto.

Ao longe, a silhueta mais parece daquelas cidades da América do Sul. Uma vez vi uma foto de Caracas, que tem um núcleo central de arranha-céus sem qualidade arquitectónica redeada em 360ºC por bairros de lata. Aqui, os bairros de lata já foram desmantelados, mas o horror urbanistico mantém-se e a analogia inevitável. Já não bstava o horror das Olaias de Tomás Taveira, em 2013 vamos nascer algo ainda mais alto, ainda mais feio...

Desengane-se quem pense que "isto" que se vê na foto foi aprovado ontem. "Isto", um prédio, já tem uns bons anos, mas só agora brotou do solo. Porque as aprovações deixam herança para o futuro.

Quando vejo este tipo de urbanismo, a que somos todos unânimes em exclamar "mas o que é isto?", penso sempre que os impactes de construir este tipo de "cidade" terá implicações e por muitas gerações.

Bem sei que as pessoas que aqui virão viver "aguentam, ai aguentam", aliás até pagam para aqui viver, mas não é justo, para ninguém, que o Estado permita, através de regulamentos, leis, que "isto" aconteça.

Sem comentários:

Enviar um comentário